Caso Fernanda Ellen: Análise de sangue deve sair até sexta-feira | Noticias | Criança.PB

Criança PB

Caso Fernanda Ellen: Análise de sangue deve sair até sexta-feira

Estudante desapareceu no último dia 7, depois que voltava da escola, no bairro Alto do Mateus; sangue foi encontrado pela polícia em casa abandonada

Fernanda Ellen está desaparecida há 15 dias (Foto: Arquivo familiar)

Fernanda Ellen está desaparecida há 15 dias (Foto: Arquivo familiar)

Ontem, fez duas semanas desde o desaparecimento da menina Fernanda Ellen, de 11 anos, no Alto do Mateus, na Capital. Até a próxima sexta-feira, o Instituto de Polícia Científica (IPC) deverá divulgar o resultado da análise do sangue encontrado em uma casa abandonada na Comunidade Jardim Mônica, localizada no mesmo bairro. O material pode ser da estudante. A amostra começou a ser examinada pelos peritos do Laboratório de DNA do IPC no último dia 14 e será comparada com o material genético da mãe da garota.  

O diretor geral do IPC Humberto Pontes disse que a pesquisa está dentro do prazo e que, para que a análise seja satisfatória, leva pelo menos 15 dias. “Ainda esta semana, no máximo até a sexta-feira, o resultado deve sair. É um trabalho que exige cuidado e paciência. A equipe está trabalhando com prioridade neste caso”, afirmou. 

Para que pudesse ser feito o cruzamento das informações genéticas, foi coletada amostra bucal da mãe de Fernanda. Mesmo que não seja confirmado o parentesco entre as amostras, as informações ficarão armazenadas no banco de dados do IPC e poderão ser comparadas com outros casos de crianças desaparecidas, dentro do Programa DNA ProKids. 

Material foi encontrado nas buscas pela polícia

O material que está sendo analisado no IPC foi encontrado no último dia 11, durante as buscas à estudante. Os policiais militares verificaram que dentro de uma residência abandonada, que fica no Alto do Mateus, havia um colchão com vestígios de sangue.  No local, também foi encontrada uma tiara, mas os familiares disseram não ser da garota desaparecida.

Policiais e familiares esperam encontrar criança viva

Enquanto é feita a análise do material, a Polícia Militar permanece realizando buscas. “Estamos à procura. Continuamos recebendo várias outras ligações, mas até agora não obtivemos nenhuma informação que pudesse nos levar até Fernanda. Apesar disso, a esperança da polícia é de que ela esteja viva, já que nenhum corpo foi localizado”, declarou o sargento Aurélio Sousa, comandante da Unidade de Polícia Solidária (UPS) do Alto do Mateus.

A família também se mantém na expectativa de que a estudante apareça a qualquer momento. Fábio Júnior Cabral, pai de Fernanda, disse que está acompanhando todas as buscas feitas pelos policiais militares. “Estamos sem novidades, mas confiamos em Deus e acreditamos que ela vai aparecer. Todos nós estamos cansados, porém mantemos a fé”, resumiu. 

Entenda o caso

Fernanda Ellen desapareceu há 15 dias. Ela voltava da escola onde havia ido buscar as notas das provas finais. Desde o sumiço da menina, a Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds) está empenhada com todas as forças policiais para localizá-la.

Por Lucilene Meireles, do Correio da Paraíba – 22/01/2013


+Vídeos